sábado, 1 de janeiro de 2022

A Lei Natural

Dr. Aurélio Muniz Freire* (foto)

"O Espiritismo prende-se a todos os  ramos da Filosofia, Metafísica, Psicologia e Moral; é um campo imenso que não pode  ser percorrido em algumas horas". Allan Kardec, apud O que é Espiritismo

O grande jurista Edmond Picard, estudando o Direito Natural, em sua magistral obra O Direito Puro, denominou-se de Direito Cósmico, existentes na natureza. Isso porque a organização natural não se  exaure no chão limitadíssimo da nossa Terra, pois que a natureza abrange todo o universo conhecido e desconhecido. E, para o  renomado jurista belga, situa-se a gêneses do Direito fora da Terra, no plano universal. Nisso não há novidade. Outro gigante das letras jurídicas, Ihering, afirma que o homem, ao nascer, traz o seu direito consigo. Se assim acontece em relação ao Direito, que dizer ou pensar com respeito às demais ciências?

A lei natural é a base de todas as ciências, porquanto se apresenta como fundamento na natureza do homem, das coisas e dos seres. A Teoria da Cosmogênese, na Biologia, explica ou encontra a origem da vida também fora da Terra, no cosmo, e, desse modo, mostra-se mais consentânea com a realidade universal. Por outro lado, a Astronomia recebe o nosso planeta como filtro de uma estrela ou de outros mundos. Seres animados e  inanimados vieram de orbes distantes, formando a Terra e seus habitantes. Assim, leis físicas e biológicas nasceram de uma realidade estelar, universal.

Humberto Rohden assevera que as ciências se fracionam, dividem-se em diversos departamentos ou segmentos diante da pequena inteligência do ser humano, assim acontecendo para que o homem apreenda melhor o alcance do ensino científico. E, em verdade, observando a natureza, nela não vemos uma física separada de  fenômenos químicos. Também os seres vivos oferecem uma gama extraordinária de acontecimentos biológicos, qual verdadeira usina, na produção de substâncias indispensáveis à vida. É um trabalho incansável, incessante, conquanto, para melhor compreendermos a fisiologia orgânica, separamos fenômenos biológicos para um lado, bioquímicos para outro, quando, na natureza dos seres, nada está separado, numa demonstração magnífica de  unidade natural. Em sua gênese, as diversas ciências igualmente se encontram na unidade.

Nossa organização somática e fisiológica vai também encontrar sua origem em outra dimensão da vida. A Doutrina Espírita ensina que tudo quanto se processa no organismo humano tem sua origem no perispírito, ou corpo espiritual, que antecede a organização física. Esse psicossoma, corpo sutil ou bioplástico, conforme a  nomenclatura soviética, é a matriz do quando organicamente somos. A própria Psiquiatria, em moderna e atualíssima investigação científica na Suíça, advoga a presença de um "arcabouço biológico" preexistente ao nosso corpo físico. Em outros termos, não é outra coisa, senão o conhecido MOB, segundo lições do estimado cientista pátrio, Engenheiro Dr. Ernani Guimarães Andrade. Daí se vê que os nossos órgãos nada mais fazem senão responder ao comando do corpo espiritual, sob a direção do Espírito. Quanto mais progridem as ciências, tanto mais se confirmam as teses espíritas.

Nossa pobre ciência, por tudo isso, na investigação de suas leis físicas, biológicas ou psicológicas, recebe a natureza como sua origem. É o seu berço. Hoje, é quase refrão dizer-se que a pouca ciência afasta-nos de Deus, enquanto que a muita ciência d'Ele nos aproxima. O Espiritismo, como ciência de profundidade, não se detém tão somente na superfície dos fenômenos, visto que estes são apenas a exteriorização de causas bem profundas. Em tudo, sempre se encontra a intervenção do Espírito na natureza das coisas e dos seres. A Psicologia Espírita explica o mecanismo da fisiologia humana em conteúdos autenticamente espirituais. Muito ainda resta aprenderem as ciências, a fim de melhor ensinarem. Relembremos a lição de Paulo: "Ninguém se engane a si mesmo; se alguém dentre vós se tem por sábio neste século, faça-se estulto para se tornar sábio".

*Jurista e escritor / Garanhuns, PE - 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Concurso Câmara de Camaçari – BA com 50 vagas

O edital nº 01/2022 do aguardado concurso Câmara de Camaçari, no estado da Bahia, foi publicado e vai passar pela primeira retificação. De a...