sábado, 22 de janeiro de 2022

Divagação


João Marques | Garanhuns

A avenida vazia

de si e de sol

feito sombra, passo

noite de espaço

em busca de mim


me acho quando

o silêncio desce

como manto 

que tudo cobre

e o relógio da torre

bate as horas

estabelecendo só

tempos de sonho.

(Do livro Partições do Silêncio / João Marques dos Santos / Garanhuns - 2005).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Coração de Neon" é aclamado pela crítica em Cannes como o "novo cinema popular brasileiro"

A presença do filme “Coração de Neon” em Cannes, na França, pode estar abrindo uma nova fase do cinema brasileiro. A produção curitibana aca...