sábado, 8 de janeiro de 2022

Garanhuns Antiga


JOSÉ DONA - Procedente da localidade conhecida como Santo Antônio do Tará, no Sertão pernambucano do Pajeú, na década de 30, aqui fixou residência o Senhor José Francisco da Silva (saudosa memória), conhecido  como José Dona, em companhia de sua genitora, Cecília Maria dos Prazeres, viúva de Laurindo José da Silva, com mais 5 filhos. Conta-se que naquela época e população vivia sobressaltada, tendo em vista as incursões e constantes ameaças com perigo iminente de enfrentamento, com a chegada do cangaceiro Lampião naquela região, sendo o motivo principal do afastamento de toda família, que resultou na perda das terras pertencentes aos mesmos. D. Cecília mulher determinada, corajosa, abandonou suas terras de sua herança e se afastou para sempre daquele local, fixando residência nesta cidade, à Praça Dom Moura, com seus filhos, com idade avançada, boa saúde, como "mulher rendeira", sabia dominar com maestria os bilros e diante de vários desenhos, inúmeros alfinetes, produzia rendas, com resultados lucrativos, como exemplo de dedicação e amor ao trabalho, em prol da criação dos filhos, seus dependentes. Seu filho José Dona, logo seguiu  ao Sul do País, onde permaneceu em São Paulo, em convivência com uma família de classe média, quando lhe foi possível vivenciar e lapidar os seus costumes e abrir novos horizontes em sua vida. Ao retornar dedicou-se ao trabalho na Companhia Industrial de Beneficiar Algodão e Fabricar Óleo, Usina de Garanhuns, da Trajano S. V. de Medeiros, que ocupava toda a área que ora se acham instalados: o Centro Administrativo Municipal, Câmara Municipal de Vereadores, Promotoria de Justiça de Garanhuns, 18ª Delegacia de Polícia de Garanhuns, Tribunal de Contas do Estado, ADAGRO (Agência de Defesa Agropecuária de Pernambuco) e IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco - Gerência Regional). Sua permanência naquela fábrica ocorreu em clima de amizade com o seu colega Adelmar da Mota Valença, o qual ainda não tinha escolhido a nova profissão, que viria a ser Padre. Em determinado dia os dois saíram dirigindo um  caminhão pertencente à Empresa, sem autorização, havendo uma pequena batida, com prejuízo de pouca monta, os quais tiveram sorte de não sofrer penalidade. Aos 32 anos de idade, no ano de 1937, contraiu matrimônio com  Anália Barbosa da Silva (saudosa memória), e logo se tornou comerciante de miudezas, fixando residência à Rua Professor Amaury de Medeiros, nesta cidade, onde permaneceu até 1949, já em companhia de quatro filhos dos cinco nascidos por graças de Deus.

No mesmo ano adquiriu uma casa à vista, que pertencia ao  Sr. Moisés Valadares, situada à Rua 15 de Novembro, centro, nesta cidade. Tratava-se de uma pessoa humilde, alegre, determinado, corajoso, trabalhador, um  pai exemplar, sempre pontual em seus compromissos assumidos, com pagamentos à vista, não aceitava compra a prazo. Chegou a ser agricultor em parceria com o seu cunhado, o comerciante Francisco Faustino de Albuquerque, que durou pouco tempo. Também exerceu a profissão de mascate, inicialmente com vendas de miudezas, participando das feiras livres, em vários distritos deste município e posteriormente com produtos industrializados, graças à pequena indústria de doces que aqui manteve por longo tempo, que surgiu da seguinte forma.

Garanhuns sempre foi o berço de imigrantes dos países do Oriente Médio. Aqui fixaram residência de procedência árabe, as famílias Kalil Mansu, Zaidan, Tuffi, Zobi, etc. José Dona manteve amizade com o Sr. Tuffi, de idade avançada, que sempre recebia em sua residência nas quartas-feiras, para almoçar, ocasião em que o visitante gostava de beber, de sua preferência, Zinebra (ou Genebra, Cinebra ou  ainda Sinebra), bebida com a composição de Zimbro, planta que nasce e cresce no deserto. No decorrer do almoço, o mesmo voltou-se para o seu amigo e disse-lhe: José vou te ensinar uma técnica oriental para o fabrico de doces de  vários tipos e modalidades. Alertou que o Sr. José não ficaria rico, entretanto, daria o suficiente para manter a família e educar os seus filhos. Assim aconteceu, sendo que no início houve dificuldades, decorrido algum tempo, as coisas foram se ajustando e seguiu o seu rumo normal. 

Sempre preocupado com o bem estar da família e da educação dos filhos, os quais foram educados em escolas particulares, com sucesso. Ofertou aos filhos, Curso de Contabilidade, Curso Científico e Curso de Datilografia, este com duração de um ano; ofertou aos filhos o livro de Cassimiro de Abreu, com recomendações para sempre ler e memoriza-lo. Aos domingos em traje formal, com uso do chapéu "Prada",  frequentava missa na Catedral às 9:00 horas, ministrada pelo Bispo Diocesano, ao regressar para o almoço, trazia consigo, o Jornal da Capital, e na parte da tarde visitava os doentes baixados no Hospital Regional Dom Moura. Jamais deixou de fazer doações, alguns trocados (níquéis) a quem o pedisse. Seus exemplos e conselhos foram marcantes, aos 69 anos de idade, teve problemas com a vesícula, que se descuidou apesar dos cuidados do Dr. Luiz Lessa, e os conselhos recebidos, certamente teria evitado o mal maior, não foi possível evitar o seu passamento. Por ter sito sempre correto, honesto, responsável, em suas ações que procurava realizar, que serviram de bons exemplos para seus filhos, houve outras facetas bem interessantes, que deixo de expor, por falta de espaço. Finalizo, em confessar que esta pessoa que acabo de apresentar-lhes, trata-se de meu pai, a quem o agradeço pelo feliz ambiente familiar, boa vivência e convivência educacional que muito contribuiu para minha formação profissional, que me proporcionou uma longa caminhada por este imenso pais, muitas vezes no enfrentamento de lugares e momentos hostis, com feliz sucesso. O meu eterno agradecimento. 

*Valdemir Barbosa / Jornalista e historiador / Texto transcrito do jornal Cidade de 21 de Junho de 2014.

Foto: Garanhuns, PE - Praça Dom Moura na década de 1950.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Datafolha aponta vitória de Lula no primeiro turno com 51% dos votos válidos

Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Ricardo Stuckert ) Brasil 247 - A pesquisa Datafolha , divulgada nesta quinta-feira (18), mostrou vitória ...