quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Garanhuns Inesquecível

(Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti / Foto: Anchieta Gueiros)

Letícia Duarte de Oliveira | Garanhuns | 2007

Garanhuns de grandes amores

Uma cidade como eu nunca vi

De um jeito tão esplendoroso

Cidade de muitas flores.


Praças floridas,

Praças perfumadas,

Praças dos desejos

Praças das mulheres amadas.


Flores Vivas,

Flores molhadas,

Com um orvalho gelado,

Durante a madrugada.


Como é linda esta cidade

Com suas borboletas coloridas

suas flores maravilhosas

Lindas rosas, lindas margaridas.


Do frio suportável,

Dos poetas inspirados,

Mas como não ser?

É impossível não ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adelmo Arcoverde lança o livro “Viola do Nordeste – Da Cantoria A Viola Progressista”

O professor pernambucano Adelmo Arcoverde lança, quinta-feira (26), às 16h, o livro “Viola do Nordeste – Da Cantoria A Viola Progressista”, ...