sábado, 22 de janeiro de 2022

História de Garanhuns


DONA DEOLINDA RAMOS - Conhecida pela paciência que cultivou ao longo dos anos, dona Deolinda Ramos, carinhosamente chamada pelos netos de "vovó Doinda", completou 100 anos em 2003. D. Deolinda certa vez foi para o Juazeiro a pé para conhecer Padre Cícero. Naquela época, levou um pássaro de nome Araquan, nos ombros, para presentear o religioso. O curioso é que mesmo quando parava para dormir nos  ranchos, o pássaro ficava na borda da rede, não saindo de perto dela um minuto.

Dona Deolinda, quando jovem não perdia uma vaquejada, juntamente com o marido "Manoel Biju", que  era um vaqueiro famoso na prática do esporte. Fonte: Jornal Cidade / 14 de Junho de 2003.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Concurso Prefeitura de Paranatama – PE: 180 vagas imediatas; até R$ 8 mil

Já está em andamento o concurso da Prefeitura de Paranatama, que oferta 180 vagas imediatas, com ganhos na faixa entre um salário-mínimo e R...