quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

História de Garanhuns


Paróquia Santa Teresa do Menino Jesus - A Paróquia de Santa Teresa do Menino Jesus, foi instituída canonicamente em 9 de fevereiro de 1941. A construção de Igreja teve início no mês de setembro de 1938, graças ao interesse do doador do terreno o benfeitor do Bairro do Magano, Sr. Antônio Alves do Nascimento, genitor de Padre Acácio Alves. Na época o Bispo Diocesano de Garanhuns, era Dom Mário de Miranda. Nomeado como primeiro pároco de Santa Teresinha, no dia 9 de fevereiro de 1941, o Padre Tarcísio Falcão, que terminou a construção, dedicando sua vida religiosa até 6 de janeiro de 1957, quando em 7 de janeiro de 1957, assumiu a Paróquia o Padre Acácio Alves, que prestou serviços até o dia 6 de junho de 1959, data em que entregou a Paróquia ao Padre Timóteo Vehman - Redentorista, que passou apenas 3 meses. No dia 13 de setembro de 1959, assumiu a paróquia o Padre José Maria Vasconcelos, até o dia 9 de março de 1963, quando deixou a batina contraindo matrimônio com uma garota do bairro, indo embora para São Paulo. Assumiu na mesma data o Padre José Orlando Duarte, até o dia 14 de março de 1965, nesta data assumiu o Padre Gerbrando Gron - holandês, até o dia 19 de abril de 1970, assumindo o Padre Nicolau José Maria Van Kan - holandês, até 23 de fevereiro de 1975, assumindo o Padre Luís Well - holandês, até 1 de maio de 1981, assumindo Padre Nelson Brito da Silva, até dia 13 de fevereiro de 2000, assumindo a Paróquia Frei José Gomes de Lima (Frei Zito), até 7 de janeiro de 2006 data da nomeação do novo, Padre Antônio Carlos Lins de Querioz.

Fonte: História do Magano - Garanhuns - PE / Lamartine Peixoto Melo / 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marília é a esperança de dias melhores para os pernambucanos

Por Eudson Catão* Marília Arraes é a pessoa certa, na hora certa, para virar a página e tirar do poder um grupo que se encastelou no Governo...