domingo, 16 de janeiro de 2022

História de Garanhuns


Dr. Antônio Borba Júnior - Nasceu na Bahia em 1889 e se formou pela Faculdade de Medicina daquele Estado. Veio para Garanhuns em 1914  exercer a profissão, onde nos primeiros meses de estadia residiu na casa de uma tia e dos seus dois primos, depois alugou uma residência na Avenida Santo Antônio nº 22, mantendo também o seu consultório, tendo como companheiro o amigo e cirurgião dentista Osório Souto, que também havia se formado pela Faculdade de Medicina da Bahia.

Na eleição para prefeito de Garanhuns em 10 de julho de 1916, foi candidato a subprefeito, na chapa de oposição que tinha o Dr. José da Rocha Carvalho como candidato a prefeito, concorrendo os médicos contra a chapa formada pelo Coronel Júlio Brasileiro, prefeito, Capitão Thomaz Maia, subprefeito. 

Derrotados nesta eleição, Dr. Borba Junior voltou as suas atividades, o qual gozava de prestígio e era amado pela sua clientela.

Com o assassinato de Júlio Brasileiro no Café Chile em Recife em 14 de janeiro de 1917 e com a chegada da notícia no dia seguinte, a sua casa foi invadida por vários homens armados, que acreditando que os adversários políticos do Coronel Júlio Brasileiro eram os autores intelectuais do crime e entre eles o Dr. Borba Junior por ter sido adversário político na eleição de julho de 1916, o médico foi covardemente agredido e depois levado para cadeia pública, sendo vitimado quando a cadeia foi invadida por dezenas de homens armados, que queriam vingar a morte do chefe político, Júlio Brasileiro. 

Fonte: http://hecatombedegaranhunscmc.blogspot.com.br/

Foto: Bico de Pena do Artista Plástico Espedito Dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Concurso Prefeitura de Paranatama – PE: 180 vagas imediatas; até R$ 8 mil

Já está em andamento o concurso da Prefeitura de Paranatama, que oferta 180 vagas imediatas, com ganhos na faixa entre um salário-mínimo e R...