sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

Idos do passado em Garanhuns


Alberto da Silva Rêgo 

Escola Pública Severino Pinheiro,

Professora Primária, amiga Dolores

Colégio Quinze de Novembro, Ruth Gueiros,

Ginásio Diocesano - Almira Valença


Ginasial, Senyr, Tenório, Mário Matos,

Hiberno, Franklyn, Heitor, Virgílio Aragão.

Na Agronomia, Vasconcelos, Mário Coelho,

Holmes, Fagundes, Ernesto, Otávio Gomes.


Amigos Diocesano, Figueira, Wamberto,

Arcoverde, Antônio Alves, Vilela,

Jornalista, Josemyr, Luna, Luís Maia

Joca, Ivo Júnior, José Coelho, Schettini.


Médicos, Guerra, Tavares, Lessa, Flávio,

Peladas, Luís Guerra, Dourado, Pedro,

Família, Bi Clara, avós Cecília e Otávio.

Pais, Dário e Zózima, tia Hermínia, Cazuza.


Os manos, Alda, Dindo, Arnaldo, Aécia.

Adilma, não esquecendo os falecidos,

Aldérico, Amilton, Anunciada, Sílvia e Ailda.

Os filhos, Otávio, Luci, Eduardo, Aloísio,


Eurico, Beto Filho e Maria Cristina.

Os netos, são vinte e três, vários pirralhos.

Uns colegas, Fernando Melo, Ildefonso.

Primas, Jará, Cora, Sílvia, Luís Burgos,


Fernando, João Burgos, Adelmar, Waldemar,

Terezinha. Madrinha Maria do Carmo.

E, na política, Lula, o líder das massas.

E, mundo espiritual Padre Callou e Adelmar.

E a esposa Lígia, bem amada. Mui querida,

Cunhadas Jarina e Eunice; Roberto,

Antônio/ Mariza, Carlos/Carmelita;

Santana, além, sobrinhas Fátima e Sônia.

Fortaleza, 07 de Fevereiro de 2000.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prêmio Lucilo Ávila Pessoa de Educação premiará experiência pedagógica criativa

Parte da programação do XVIII Congresso Internacional de Tecnologia na Educação, premiação está com inscrições abertas Com o objetivo de amp...