sábado, 22 de janeiro de 2022

O grito da verdade

(Foto: Anchieta Gueiros)

Dr. Aurélio Muniz Freire*

A revista Italiana "Domenica del Carrieri", de 14 de março de 1962, revela, minuciosamente, um  caso inabitual que, durante um congresso de cientistas foi apresentado pela Dra. Louise Rhine, lente de Psicologia na Universidade de Duke, nos  Estados Unidos, e esposa do Dr. Joseph Bank Rhine, o "pai da Parapsicologia".

Um garoto de sete anos, durante a aula, fazia, sem prestar a mínima atenção, como que automaticamente, uma série de rabiscos em seu caderno escolar. Atraída por natural curiosidade, a mestra se aproximou do aluno, verificando que os sinais traçados encerravam uma mensagem em certo tipo de estenografia já em desuso, mas não ignorado por ela. Traduzido o comunicado, verificou-se ser da autoria do pai do menino, desencarnado há pouco mais de  15 dias. Avisava à família que documentos muito importantes, e relativos à herança que deixara, estavam depositados no cofre de determinado banco.

A veracidade da ocorrência foi comprovada, em todos os detalhes, por parapsicólogos americanos, inclusive pela Dra. Louise. (Transcrito pelo Jornal Espírita "Desobsessão", do Hospital Espírita de Porto Alegre, Maio de 1979).

A Súplica da Terra

Ser humano,

Não me destruas!

Eu te ofereço:

O chão seguro para o teu passo firme;

O silencioso vale onde tua messe é pródiga;

A planície calma onde apascentas o gado;

A mansa colina de teu ser horizontal azul;

O monte suave onde tua fonte canta.

Como se ainda não bastasse,

rasgas o meu ventre e tiras das minhas entranhas:

O metal dourado de tua moeda;

O duro aço de tua ferramenta;

O negro líquido que move e aquece;

A preciosa pedra de teu ornamento;

A fina areia que te mede o tempo;

A pura lama que te embeleza e cura;

A cerâmica pata teu cântaro e para teu teto;

A argila que te obedece ao molde;

O alicerce para tua morada.

Rogo-te:

Não tires o manto verde que te dá  o oásis de tua caminhada,

Porque há de te lembrar que do pó surgiste e ao meu seio voltarás...

*Jurista e escritor / Garanhuns, 18 de agosto de 1979.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Secult-PE/Fundarpe divulga resultado final das propostas classificadas do FIG 2022

A Secult-PE e a Fundarpe divulgam o resultado final das propostas classificadas na análise de mérito artístico-cultural do 30º Festival de I...