quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Ode a Garanhuns


Lauro Cysneiros

Garanhuns! sempre altaneira

tua paisagem seduz!

o teu passado de glória

é um marco na história

da terra de Santa Cruz!


Desses morros singulares,

desde o Sinai ao Magano,

no cimo desses altares,

fulge o sol meridiano

enquanto a brisa nos ares

decanto o clima serrano.


Os teus vergéis, tuas flores, 

os teus verdes cafezais,

teus arrebóis multicores,

teus prelúdios autorais,

são dulçurosos primores

das paisagens naturais.


Quando o orvalho radioso

que vem do lado de lá,

nas flores do manacá,

é mais terno e mais saudoso,

o canto do sabiá.


A Simôa, com razão,

Exalto a glória imortal!

doando a este imortal!

doando a este rincão

aquele antigo Arraial,

donde exsurge a tradição

da sua terra natal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marília é a esperança de dias melhores para os pernambucanos

Por Eudson Catão* Marília Arraes é a pessoa certa, na hora certa, para virar a página e tirar do poder um grupo que se encastelou no Governo...