sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Prefácio do Livro "Como falar de Saudades..." de Teté Quitéria Costa


Se algumas vezes torna-se difícil expressarmos o que sentimos interiormente, quanto mais tentarmos transportar os nossos sentimentos ao maravilhoso mundo da poesia!

Imagine: Pegar om papel, o lápis; contemplar o céu, as estrelas; sentir a brisa suave refrescando o rosto; ouvir o mavioso canto dos  pássaros anunciando a liberdade em constantes revoadas; lembrar alguém "que já foi" ou que ainda é, mas que não está... Transcrever tudo em forma de arte, dando um toque mágico de vida. E assim nasce a  obra, poucas palavras que resultam em uma parte de sua história.

Assim queria "Teté", assim conseguiu e com méritos!

Como falar de saudades é uma coletânea de belos poemas que refletem a realidade tão comum ao ser humano.

Vai ao âmago, à memória e desperta ao mundo dos sonhos, a fantasia, quebrando o "gelo" e a tensão dos difíceis dias os quais vivemos, nos reportando ao encantado mundo das lembranças e nos fazendo enxergar que o amor ainda existe e que ainda pode ser compartilhado.

Falamos, pois, de Saudade!

Maurício Pais.

Garanhuns, PE - 1992.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adelmo Arcoverde lança o livro “Viola do Nordeste – Da Cantoria A Viola Progressista”

O professor pernambucano Adelmo Arcoverde lança, quinta-feira (26), às 16h, o livro “Viola do Nordeste – Da Cantoria A Viola Progressista”, ...