sábado, 1 de janeiro de 2022

Primeiro Concurso de Papagaio em Garanhuns


Foi confirmada a supremacia da Suíça Pernambucana em saber realizar "Concurso de Papagaio". Neste sentido, a Vila Militar viveu, no domingo 27 de fevereiro de 1978, um dia alegre, comunicativo, muito movimentado, quando da realização do "1º Concurso de Pipas", uma promoção do Clube de Castores com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Garanhuns. A maratona foi prestigiada por  incalculável número de expectadores, enquanto os papagaios voavam serenamente no ar, dando um colorido todo especial ao céu azul, com fortes ventos, daquela manhã domingueira.

A Comissão Julgadora, composta de "experts" no assunto, estava assim constituída: Ten. Cel. Luiz Augusto da Silva Tavares; Prefeito Ivo Tinô do Amaral, Jornalista Paulo do Couto Malta (O Cacique), Alfred Henri Meyer, Luiz Henrique de Almeida, Asnar da Mota Valença, José Maria Costa, Elias Lopes Lima, Jornalista e Radialista Waldetáro Guedes (O Guerreiro), Jaime Alves Pinheiro, Jornalista Rossini Moura,  (O Boa Pinta), Edmílson Carlos de Assunção Lima e Vereador Antônio Edson.

Os laureados da movimentadíssima competição que teve a ASSEG como fina anfitriã, nada faltando aos inúmeros convidados e pessoas presentes:

Papagaio mais decorado  

1º lugar, Casas Pernambucanas, com um papagaio confeccionado por Eustáquio Batista Ângelo com as características do Escudo de Garanhuns; 

2º lugar, Francisco Romero Souza Garrido, com um papagaio vistoso que apresentava o Emblema da ASSEG; 

3º lugar, Marcos Galindo Lima, com a Pipa Estrela, cujo papagaio foi homenageado em versos pelo Jornalista Paulo do Couto Malta; 

4º lugar, Carlos Antônio Nascimento, com o papagaio "Argentina Copa 1978",

5º lugar, o garoto Marcos Galindo com a pipa "Sete Colinas".

Na categoria de Maior Papagaio, foram classificados os seguintes concorrentes:

1º lugar, Adílson da Silva Fernandes, com um papagaio de 2,80 metros de altura, seguindo-se de Marcos Galindo Lima, Francisco Romero, Casas Pernambucanas  e Marcos Galindo Lima.

Os classificados em 1º lugar, em ambas as categorias, foram agraciados com prêmios de um mil cruzeiros e troféu; os classificados em 2º lugar, prêmio de quinhentos cruzeiros e troféu; os classificados de 3º a 5º lugar, receberam medalhas.

Foto: Jornalista Rossini de Azevedo Moura

Fonte: Jornal O Monitor / Garanhuns, 04 de março de 1978 - Acervo: Memorial Ulisses Viana de Barros Neto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Congresso em Garanhuns debate Direito Penal e Processo Penal

Evento acontece no Hotel Sesc de Garanhuns, nos dias 17/08 e 18/08. As inscrições já estão abertas. Será realizado na próxima quarta e quint...