quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Saudação a Garanhuns


José Hildeberto Martins*

Saúdo o Sítio do Garcia - A Domingos Jorge Velho 

A Vila de Santo Antônio e Simôa Gomes 

E os caboclos do Urubá, 

Castainho e cercanias.

Saúdo Jorge Velho e Simoa 

André Vidal, Caetano Pinto,

Rio Mundaú e Timbó,

Por esta terrinha tão boa.


Saúdo o trem que se foi, - Ao Cônego Benigno Lira

O saudoso ex- castelinho, e Cabo Cobrinha

A ex-Rádio, a Difusora, 

O encantado carro de boi.

Saúdo o finito e o eterno, 

A cúpula cinza celeste,

Solteiros sempre alistados,

Turistas, Festival de inverno.


Saúdo o frio de agosto - A Raimundo de Moraes 

Vindo mesmo não sei de onde ,

A cidade que se encolhe

E faz pausa para o coito. 

Saúdo íntimos profundos, 

Fluxo mineral cristalino

E que pulsa tal e qual sangue

Lançado de úteros fecundos.


Saúdo o pôr-do-sol cigano - Ao Mons. Tarcísio Falcão 

Brincando de que vai dormir

Lá por trás do Monte Magano. 

Saúdo o O Monitor


Toda a imprensa de Garanhuns,

Colégios e também as escolas

Deste Agreste, sim senhor


Saúdo sorrisos, ternuras. - Mons. Ademar da Mota Valença

E a grasnada dos guarás,

O simples piar dos anuns,

Alma alada ganhando altura. 

Saúdo o Padre Fabiano 

O primeiro da Freguesia,

A elevação à Cidade,

Aldeões sempre soberanos.


Saúdo incensado ar das flores, - Ao poeta José Mário

A candura e a pureza,

Essência viva, a criação,

Ardósia beleza, fulgores.

Saúdo vivos e defuntos, 

O álgido e o cálido inatos, 

O vigor, rebentos intactos,

Bordas de saias, jovens juntos


Saúdo Uzzae tão arguto - A Jule Spak

E também Erasmo Vilela Profª. Socorro C. Marques

Professora Elisa Coelho,

Mário e Maurílio, impolutos, 

Saúdo Alzira e Lustosa,

Isaura Medeiros, Lenice,

Lima e Elvira Viana

Pela Educação primorosa.


Saúdo o Bispo Dom Moura, - A Dom Expedito Lopes

Este nosso primeiro Bispo, e Mons. Callou 

Padre Gualberto e a Catedral

De Santo Antônio, que redoura.

Saúdo Adolfo de Barro,

O Presidente da Província

E Arthur Brasiliense Maia

Ambos de valor tão bizarro.


Saúdo Augusto Calheiros - Ao cantor Dominguinhos

João Rocha e Jurandir,

Célio Martins e Zé Vieira

e também Washington Medeiros

Saúdo Edna, seu tom alado, 

Cadengue e Leo do Cavaquinho,

Os irmãos Wilson; e Toinho

Ás do Quinteto Violado


Saúdo Seu Dilletieri, - A Sátiro Ivo/ Ruber Ivo

Os Moraes, os Ferreira Costa 

O Hotel Tavares Correia 

Mário Lira e Seu Pierre,

Saúdo outros bem famosos: 

Alfredo Leite Cavalcanti,

Escritor Marcílio Reinaux,

Estes vultos muito briosos.


Saúdo quem sempre se portou. - A Levino Epaminondas

As crianças de hoje e de outrora,

A esperança viva em Cristo, . 

E Quem nunca prevaricou, 

Saúdo todos advogados,

Entre eles: Osvaldo Medeiros,

Cândido Dodô, Zé Francisco,

Juízes todos tão bem notados.


Saúdo também a você - Às irmãs Arlinda e Almira Valença

Só sonhando o tempo todo

Que sem nunca cruzar os braços

Sonha com cada amanhecer. 

Saúdo a garoa prazerosa,

Alternando linda a cidade 

Bem Agreste, de sol e chuva,

Atmosfera e água esplendorosas.


Saúdo Pipoca e Solon Gomes

O grande Dom João Capão, 

E seu lindoso Castelinho,

Toda moça no caritó.

Saúdo Seu João de Barro

E Arlindo, os dois sambistas.

O simples Bar do Mirabeau...

Tudo, mil recordações só.


Saúdo o finado Silvestre, - Antônio Edson

E a Barraca da Galinha. e Givaldo Calado

João Pedro relojoeiro,

Heriberto, o tal Xerife.

Saúdo Artur e Tranca Rua,

inúmeros guardas noturnos, 30


Os casais de enamorados,

Se beijando à luz da Lua.


Saúdo todos os recantos, - Ao Dr. Thompson

Pau Pombo e Vila Cristina, 

Brejo das Flores, Mundaú, 

Tudo bem cheio de encanto.

Saúdo o Magano, o Sinai,

O Parque Euclides Dourado,

Columinho, Quilombo, Antas,

Triunfo e Ipiranga,... olhai!


Saúdo alguns outros distintos: - Ao Dr. Duque Sampaio

Givaldo Calado de Freitas Ao Dr. Aurélio Muniz Freire

O Francisco Simões Figueira,

Aloísio e Ulisses Pinto.

Saúdo a família Dourado,

Ivo Tinô e Zé Cardoso,

Zé Tinoco e Antônio Edson,

Jacobina e José Calado.


Saúdo Garanhuns inteiro: - A Dom Gerardo Wanderley

A fonte de água Serra Branca, e Ruber Van der Linden

A Maçonaria e o Lions,

Polícia, Exército e Bombeiros.

Saúdo escolas faculdades,

Rotary, clubes esportivos,

Hospitais, casas de saúde, 

Tudo em prol de nossa cidade.

Em tempo: Saúdo figuras indeléveis como: Agenor e Severiano Moraes, Mário Barbo-sa Filho, Zé Cardoso, Pereira Filho, Valdir Marino, Severino Pitico, Roberto Sampaio, Carlão, Gláucio Costa, o cantor/radialista, Jota Soares e seu ser-viço de antena, Marcelo Jorge, Zezinho de Garanhuns, Elpídio Branco, Gastão Barreto, Elizete Branco, Alberto da Silva Rego e família, Zé Cordeiro, Raquel Grossi, Waldemar Branco, Minô, Família Costa Herculano, Jornalistas Luís Laporte, José Rodrigues, jornalistas Almir Alves e Cláudio Moraes, Prefeito José Inácio Rodrigues, os irmãos Lamartine e Laércio Peixoto. Saúdo: radialistas, Lenildo Ramos, Solon Gomes, Mozart, Ricardo Trajano, Mário Ferreira, Paulo Revoredo, Marcos Cardoso, Aloísio Alves, Jota Ferreira, Flauberto Elias, Tony Duran, Ivo de Souza Ramos, Cauby Peixoto, Jeffson Fitipaldi, Pinheirão, Aldo Vilela, Belmiro Vilela, Antônio Edson, Mário Ferreira, Agnaldo de Barros, Alberto Catão, Arnaldo Brito, Luciene Vasconcelos, Pereira Filho, Jota Ferreira, Lenildo Ramos.

Outras ilustres figuras: Lamartine e Laércio, José de Melo, Luís Gonzaga, Doutores Pedro Ribeiro, Cândido Dodô, Juízes Osman Holanda, e Gabriel Prazeres; Saúdo outros ainda: Delé Carlindo, Pajuaba, Socorro Cordeiro Marques, Luzinete Laporte, os Mochileiros em geral, Vocalistas da Sauda-de, Profª. Sílvia Galvão, Poeta e escritor João Marques, Manoel Neto (es-critor e jornalista), poeta Manoel Hélio, poeta Evaldo B. Calado, jornalista Agnaldo de Barros, Severino e Cassiano farmacêuticos, Seu Eliasda Livraria Universal, Manoel Gouveia da Livraria Escolar, advogado Davi Lima, Luís e Zé Montanha, Amílcar da Mota Valença, Dom Adelino, Mr. Swetner, Mr. Smith, Mr. Artur Lindsay, Mr. Donald, Cines Glória, Eldorado, Veneza e Jardim, Ronaldo White, Professora Macedo e esposo, e Jaime Pincho, Ole-gário de Freixeiras, Seu Nilo construtor, Daniel da Lojinha, Dr. Rilton Ro-drigues, Desembargador Jones Figueiredo, Admário Gama Cambrainha, Gladstone Vieira Belo, Paulo Faustino, artista plástico Walter Vieira, Prof. Manoel Vieira (Tiquinho), Dr. Lessa, Dr. Geovane, Dr. Genaro, Dr. Esdras, Dr. Vivaldo Tenório, Advogado, Professor e Contador Dr. Tavares, Gojoba, Chiquitim, Aderlindo Tavares, Manoel Calça Larga, Júlio Paliado, José Cowboy, Poeta Gonzaga de Garanhuns, Seu João Gomes, Joaquim Bezerra, Inácio Bezerra, Helvécio Espinhara, pai e filho Zé e Enildo Figuei-redo. Margarida Maria Cavalcanti Silva.

Dr. Godofredo, Família Miranda, o poeta Lauro Cisneiros, Conj. Novelle Vague, de Julião, Sanfoneiro Zominho, baterista Mogeu, clarinetista Gentil, Trompetista Zezinho, Lacerda guarda, Zé Cawboy, peladeiros Silírilo e Alicate, o desportista Gastão, alguns jogadores que mar-caram: Hélio Tadeu, Dodô, Ovídio, Geraldo Pé de Lobo, Geraldo Pé de Peia, Nelson de Mestre Amaro, Mestre Amaro, Zé Augusto, Vando, Araújo Terremoto, Dila, Amarinho, Paulo, Jonas, Bala, Ivan Mouco, Mariano Filho (locutor), Ozéias, Buião, Adeildo, Capoteiro, Zé N(c)oronha Tonheiro, os irmãos Jucélio e Joãozito, Zé do Cabo, Zé de Chica, Homero Matias, Vicen-tão, Paulo Coxinha, Agamenon, Bereta... 

Ainda: pessoas com comprometimento de ordem psicológica que ficaram na memória: Jange, Zé Casquete, Moreira, Heriberto (o Xerife), Camarão, Mela Oco, João Catrevagem, Ligeirinho, Priscila, Zefa Doida... Difícil lembrar de todos.

*Professor, escritor, jornalista e historiador.

Foto: Seminário São José.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Coração de Neon" é aclamado pela crítica em Cannes como o "novo cinema popular brasileiro"

A presença do filme “Coração de Neon” em Cannes, na França, pode estar abrindo uma nova fase do cinema brasileiro. A produção curitibana aca...