quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Uma névoa em preto e branco

Ana Maria César

Garanhuns é uma névoa em preto e branco

em meio à névoa que encobre Garanhuns

Nenhuma lembrança

só o preto e branco dos retratos

pregados com cantoneiras

em álbuns rasgados e colados


Nem o sino de Santo Antônio

nem o apito do trem

nem a garoa da tarde

nem o frio da noite

só a névoa em preto e branco

marcando as páginas do álbum

com fotos de Garanhuns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

107 anos de Amílcar da Mota Valença

Hoje lembramos os 107 anos de nascimento de Amílcar da Mota Valença. No meado do mês de maio de 1915, o casal Abílio Camilo Valença e ...