quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

Em trabalho remoto, Alepe mantém produtividade em meio à pandemia


A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) retomou nesta nesta terça-feira (1) as atividades de 2022 com foco nos projetos e ações voltados para reduzir os impactos da pandemia do Coronavírus e para a retomada do crescimento econômico do Estado.

Durante a sessão de instalação dos trabalhos, que aconteceu de maneira virtual, o presidente da Casa, deputado Eriberto Medeiros (PP), lembrou que mesmo nos momentos mais difíceis impostos pela pandemia, a Casa não parou de trabalhar e aprovou diversos projetos de interesse do povo pernambucano. 

Segundo Eriberto, a Alepe tomou as providências necessárias nos dois últimos anos para salvar o maior número de vidas possíveis, ajudar no desenvolvimento do estado e na retomada do crescimento. 

“A Casa desenvolveu e executou iniciativas como o Fala Pernambuco, que promoveu escutas regionais no estado com o objetivo de elaborar uma agenda legislativa focada no apoio dos pequenos negócios, além do Lidera Alepe, projeto de capacitação de novas lideranças de Pernambuco”, afirmou, lembrando da vitória do Lidera Alepe no prêmio “Assembleia Cidadã”, promovido pela durante Unale.

O presidente da Alepe falou, ainda, sobre a importância das parcerias institucionais com os demais poderes públicos, entidades do terceiro setor e da iniciativa privada, voltadas para a promoção da cidadania. Também comentou sobre os novos desafios diante de mais uma onda da Covid-19, em razão da variante Ômicron e da velocidade do contágio. 

“O momento exige prudência e responsabilidade por parte de todos os membros da sociedade, mas principalmente daqueles que conduzem o destino do nosso estado”, disse.

De acordo com Eriberto, a Alepe irá, por enquanto, trabalhar de forma remota nas reuniões plenárias e comissões permanentes. “Buscamos dessa maneira assegurar o funcionamento otimizado e seguro de nossas atividades, garantindo o exercício das atribuições da Assembleia Legislativa em atendimento às demandas do povo pernambucano”, explicou o presidente. 

Na reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, o governador Paulo Câmara entregou aos deputados estaduais o relatório das ações de 2021 da sua administração e fez projeções para o último ano de mandato. O relatório detalha o Plano de Retomada com mais de mil ações realizadas nas 12 regiões de desenvolvimento do Estado, orçadas em aproximadamente R$ 3,1 bilhões.

Paulo Câmara agradeceu a parceria da Alepe e dos demais poderes e fez um breve resumo dos desafios e avanços da gestão, com ações em diversas áreas, como educação, segurança pública, saúde e assistência social, entre outras. 

“Temos ainda  muitos desafios a vencer, mas com marcos importantes a serem lembrados por todos”, pontuou, acrescentando que este ano as projeções são de que o Estado registre um recorde nos investimentos.

O líder do governo, Isaltino Nascimento, e o líder da oposição, Antônio Coelho também falaram sobre o início de 2022. De acordo com Isaltino, a decisão tomada pela Casa de atuar de maneira remota foi uma iniciativa acertada. “Vamos vivenciar outros momentos difícieis”, previu. 

Já Antônio Coelho, lembrou que haverá eleição em outubro e que a população terá a responsabilidade de escolha em relação ao destino de Pernambuco. “Haverá um debate pacífico entre as principais correntes políticas”, avisou.

Além dos deputados e do governador Paulo Câmara, participou da sessão de início dos trabalhos legislativos, o defensor público geral do Estado, Fabrício Lima.

Crédito das foto: Nando Chiapetta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adelmo Arcoverde lança o livro “Viola do Nordeste – Da Cantoria A Viola Progressista”

O professor pernambucano Adelmo Arcoverde lança, quinta-feira (26), às 16h, o livro “Viola do Nordeste – Da Cantoria A Viola Progressista”, ...