segunda-feira, 14 de fevereiro de 2022

Garanhuns Antiga


Por Ígor Cardoso*

Deste aqui, todos ainda devem se lembrar: o casarão dos Lundgren, mais conhecido como "casarão dos eucaliptos". Foi uma das primeiras residências do bairro de Heliópolis: uma casa de campo, quando muita gente das capitais do Nordeste costumava vir passar temporadas em Garanhuns. Pertenceu inicialmente à família lusitana Seixas, grande importadora de bacalhau no Recife; depois à família sueca Lundgren, comerciantes e industriais do ramo de tecidos; até ser adquirida pela família garanhuense, de ancestralidade portuguesa, Ferreira Costa, que, durante muitos Festivais de Inverno, ali instalou o projeto "Arte no Casarão". Quase sempre desabitada, quando ainda ficava em um dos extremos da cidade, os pais costumavam dizer às crianças que ali morava o monstro papa-figo, de modo a intimidá-las a se distanciarem. Foi desaparecendo progressivamente: primeiro foram eliminados os eucaliptos; depois o próprio casarão, demolido no feriado de 07 de setembro de 2017. Só restou o belo portão de ferro em estilo vitoriano (inglês). Foto de autor desconhecido.

Fonte: https://www.instagram.com/garanhunsantiga/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Secult-PE/Fundarpe divulga resultado final das propostas classificadas do FIG 2022

A Secult-PE e a Fundarpe divulgam o resultado final das propostas classificadas na análise de mérito artístico-cultural do 30º Festival de I...