quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

História de Garanhuns

Belarmino de Paula Santos - Casado com Maria, vizinhos de Abdoral, na Rua do Recife, tinham inúmeros filhos - Jorge de Oliveira Santos (Jorge Preto), enfermeiro, integrante da "Coluna Louca", de conversa fluente; Everaldo o fígaro, seguindo a profissão do pai; Maria uma das filhas; José o caçula.

Belarmino, em 1912, já possuía uma barbearia na Rua Dom José, depois mudou-se para a Avenida Santo Antônio, onde permanece até meados de "1930", com ele trabalhando uns seis oficiais, mas o "velho" só nos entregava ao citado para o corte de cabelo mensal. Em 1906, fazia parte da Sociedade Mortuária e, em 1911, no cargo de vice-presidente do Centro Proletário; em 1913, no Conselho Fiscal da Cooperativa de Crédito Mútuo, e, em 1914, em idêntico cargo na Sociedade 02 de Março. Era um homem letrado. (Fonte: Os Aldeões de Garanhuns | Alberto da Silva Rêgo | 1987).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Secult-PE/Fundarpe divulga resultado final das propostas classificadas do FIG 2022

A Secult-PE e a Fundarpe divulgam o resultado final das propostas classificadas na análise de mérito artístico-cultural do 30º Festival de I...