segunda-feira, 14 de fevereiro de 2022

Municípios pernambucanos querem pagar novo salário inicial aos profissionais do magistério

Prefeitos e prefeitas de Pernambuco, em assembleia realizada na quinta-feira (10/02), pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), reafirmaram a importância dos professores para a qualidade da educação básica e se comprometeram em adotar a remuneração inicial no valor de R$ 3.845,63 aos profissionais do magistério.

Os gestores municipais discutiram os meios de como viabilizar o pagamento do montante. Portanto, foram aprovadas as seguintes recomendações aos municípios:

1. Adotar a remuneração inicial no valor de R$3.845,63 ao profissional do magistério;

2. Instalar mesas de negociação, com transparência, para possível adequação do Plano de Cargos e Carreira – PCC, caso considere necessário;

3. Considerando a autonomia municipal, o prefeito(a) do município que dispuser de todas as condições legais e financeiras, poderá adotar os percentuais que julgar adequado no tocante aos reajustes de remuneração.

O presidente da Amupe, José Patriota, comandou a assembleia ao lado das diretoras e diretores da Associação. Segundo ele, “cabe a Amupe realizar esse processo de diálogo entre os prefeitos e respeitar a autonomia de cada Município, tendo em vista a desigual situação financeira e o enquadramento legal de cada cidade”, concluiu.

Fonte: Amupe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Secult-PE/Fundarpe divulga resultado final das propostas classificadas do FIG 2022

A Secult-PE e a Fundarpe divulgam o resultado final das propostas classificadas na análise de mérito artístico-cultural do 30º Festival de I...