domingo, 6 de fevereiro de 2022

Réstias...


Genivaldo Almeida Pessoa

Nas sombras da velha ponte,

Desenham-se no chão molhado

Em noite que se esconde...

Figuras imaginárias que se movem...

São réstias e pensamentos sob luz tênue da lua

E o movimento lento de nuvens...


Carregando lembrança tua pra longe...

Onde não mais alcança a visão...

E nas minhas trôpegas passadas

Caminha comigo na noite

De mãos dadas

Com a sombra da solidão...

Garanhuns | 2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Secult-PE/Fundarpe divulga resultado final das propostas classificadas do FIG 2022

A Secult-PE e a Fundarpe divulgam o resultado final das propostas classificadas na análise de mérito artístico-cultural do 30º Festival de I...