terça-feira, 22 de março de 2022

Cinza

Maria Jackelyne Nunes

O céu está cinza, hoje.

A despeito do barulho,

Tudo está silencioso,

Pois o céu está cinza, hoje.


O céu está cinza, hoje.

E a despeito de tudo o que há,

Não há nada,

Pois o céu está cinza, hoje.


O céu está cinza, hoje.

E a despeito de tudo aquilo que vejo,

Eu nada vejo,

pois o céu está cinza, hoje.


O céu está cinza hoje.

E a despeito de tudo aquilo que se move ao meu redor,

Nada me importa,

Pois o céu está cinza, hoje.

Garanhuns | Ano 2001.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

História de Garanhuns

Turma de Concluintes do Curso de Contabilidade do Colégio Diocesano de Garanhuns de 1969. Foto -  1ª fila da direita para a esquerda:  João ...