segunda-feira, 21 de março de 2022

Garanhuns Antiga

Domingo, 18 de fevereiro de 1934 - Inauguração da Escola Professor Arthur Brasiliense Maia. Prefeito do Município - Mário Sarmento Pereira de Lira "Mário Lira" (1930/1934).

Texto: Jornal Diário da Manhã (24.02.1934)

Difundindo e ensino  - Criada mais uma escola em Garanhuns

Está plenamente positivado que, somente com o advento da Revolução, os municípios do interior perderam aquele aspecto de tão triste lembrança, que os tornava uma simples e inexpressiva aglomeração de pequenos feudos, seguindo mesmo ritmo do governo central do Estado, para cuja economia vem, agora, contribuindo dentro das medidas de suas possibilidades.

Extintos os chefetes locais, a politicagem de aldeia, cujos efeitos nocivos se faziam sentir, a todo instante, sem que surgisse qualquer medida repressiva, o "hiterland" pernambucano entrou num período  feliz, de renovação, adquirindo uma fisionomia uniforme e  iniciando uma fase de trabalho, já, por muitas vezes, comprovada.

Os prefeitos, deixaram de ser  aqueles homens inativos, que tinham, apenas, a recomenda-los, cômicas patentes duma guarda nacional retardatária, recaindo as nomeações em gente capaz, sob o poder controlador da Inspetoria Geral das Municipalidades.

Daí o equilíbrio das receitas e dos orçamentos, os melhoramentos rapidamente introduzidos em varias cidades.

Nas administrações revolucionárias do interior, Garanhuns, como outros municípios, tem seguido na vanguarda, melhorando consideravelmente as suas condições e executando um plano de realizações, de vantagens para a população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Coração de Neon" é aclamado pela crítica em Cannes como o "novo cinema popular brasileiro"

A presença do filme “Coração de Neon” em Cannes, na França, pode estar abrindo uma nova fase do cinema brasileiro. A produção curitibana aca...