terça-feira, 15 de março de 2022

História de Garanhuns


Em 23 de Março de 1952 o Jornal O Monitor Publicava: Uma visita à única fábrica de arados que existe em nosso estado, Fábrica Paraguaçu, de propriedade do Sr. Abelardo de Melo deixou-nos profundamente orgulhosos do esforço e energia do homem nordestino. Conforme ouvimos em palestra com o Sr. Abelardo, esta fábrica produziu no ano passado (1951) 800 arados e no presente ano, só nestes primeiros meses, atingiu a  elevada cifra de 700 dos ditos instrumentos. O trabalho do Sr. Abelardo bem que merece o apoio das nossas autoridades. Felizmente já se processa um movimento neste sentido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adelmo Arcoverde lança o livro “Viola do Nordeste – Da Cantoria A Viola Progressista”

O professor pernambucano Adelmo Arcoverde lança, quinta-feira (26), às 16h, o livro “Viola do Nordeste – Da Cantoria A Viola Progressista”, ...