quinta-feira, 31 de março de 2022

Presença de mulheres aumenta no mercado editorial, aponta levantamento

O mês de março é marcado pelo  Dia Internacional da Mulher, que frisa a importância delas na sociedade e uma luta contínua por equidade de gênero. Cada vez mais mulheres buscam ser protagonistas de suas próprias histórias e batalham para aumentar a representatividade feminina em diversos setores, majoritariamente masculinos. Este cenário já está sendo transformado, mesmo que em passos lentos, e no mercado editorial não é diferente. Segundo um levantamento realizado pelo Clube de Autores, maior plataforma de autopublicação da América Latina, revelou que antes da pandemia apenas 34% dos livros publicados eram de mulheres. Já em 2021, a presença delas foi de 40%, apontando um crescimento importante e que certamente continuará, uma vez que, só no começo de 2022, de janeiro a março, a proporção chegou a 42,5%. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

30º FIG homenageia Ivo Amaral e Marcílio Reinaux

Blog do Carlos Eugênio Garanhuns vive a expectativa do lançamento da programação oficial do 30º Festival de Inverno. Neste ano, a Festividad...