quarta-feira, 27 de abril de 2022

Edmilson do Coco lança seu primeiro álbum

Aos 71 anos, Edmilson Bispo dos Santos, mais conhecido como Edmilson do Coco, compositor e cantador pernambucano de Coco de Roda, lança seu primeiro álbum — “Eu sou Verdadeiro – Mestre Edmilson do Coco” —, com seis faixas autorais. As músicas do coquista, natural de Olinda/PE e morador da comunidade olindense Amaro Branco, entram nas plataformas digitais na sexta-feira (29). Para ouvir, acesse: bit.ly/3jBEFwc. O disco foi contemplado pelos recursos da Lei Aldir Blanc em Pernambuco.

Edmilson do Coco é um dos representantes mais antigos da expressão cultural de Olinda, sendo símbolo de resistência que até hoje atua na manutenção da tradição do coco de roda no bairro do Amaro Branco. Ele também é membro da União Olindense de Coco de Roda de Pernambuco, integrando o grupo de mestras e mestres que compõem a entidade. Atualmente, participa dos encontros de sambadas mensais da Sambada do Coco do Pneu e dos eventos do Estado de Pernambuco nos ciclos carnavalescos, juninos e natalinos.

“Não leio e nem escrevo minhas composições. A queda de um coqueiro me fez esquecer as letras. Componho por meio da oralidade e pelas entoadas nas sambadas de coco do bairro e região, ritmo que conta com mais de 100 anos de tradição no Amaro Branco. Venho cantando coco há 30 anos. Gosto da brincadeira, gosto de coração. Comecei a cantar coco, gostei da brincadeira e sigo até hoje”, conta o mestre.

Irmão do consagrado Mestre Ferrugem, Edmilson passou por grupos como Coco do Amaro Branco e Coco do Pneu, revelando-se, a partir daí, como compositor e cantor. Antes, sempre tocou bombo para o seu irmão, com quem recebeu conhecimentos da arte do saber/fazer do coco por meio da herança do avô João Francisco da Luz.

“O registro dessas canções do álbum contribui com a salvaguarda do fazer criativo, artístico e cultural do coco de praia de Olinda por via da difusão das expressões culturais. Quando faço coco, às vezes estou dormindo. Quando acordo, ele está pronto, então eu canto e já boto na nota”, comenta.

Edmilson acrescenta: “Tenho vários cocos, muitos estão escritos lá no pneu (no Amaro Branco). E não esqueço de nenhum. A turma fica em pé porque eu não sei escrever, mas eu faço coco, vou dormir e no outro dia canto. Passa um ano e canto do mesmo jeito”.

A gravação do álbum, que aconteceu no Estúdio 1 (Olinda – bairro do Varadouro) em fevereiro deste ano, com a realização da produtora Aluar – Laboratório Cultural, representada pelas produtoras Luanda Maciel e Laís Cabral.

Carreira

Edmilson do Coco iniciou a trajetória musical com 45 anos de idade. De lá pra cá, cantou no Carnaval de Olinda por cinco anos seguidos, de 2016 a 2020, e no São João do Recife, em 2018. Apresentou-se no SESC de Brasília/DF e no São João de Petrolina/PE com o Coco do Amaro Branco, além de participar da gravação do CD “Coco do Amaro Branco Vol.2”, no ano de 2010.

Esteve também no evento “Mitos e Ritos da Cultura Popular Brasileira”, no Rio de Janeiro/RJ, onde gravou o CD “II Mitos e Ritos da Cultura Popular Brasileira – Mestres Convidados Aurinha do Coco e Edmilson”, em 2014, com a produção executiva do grupo cultural Sopro de Gaia do Rio de Janeiro.

Ele realizou apresentações no Festival de Coco de Roda de Olinda (2014), na Noite do Coco da Praia – Dia Municipal do Coco (2015), na Noite do Coco da Praia (2017), na 19ª Fenarte (2018), no Coco de Aroeira (2019) e na Sambada no Oriente (2019).

O coquista passou a ser admirado pela comunidade do Amaro Branco ao atuar nas gravações do filme “O Coco, A Roda, O Pneu e o Farol”, da diretora Mariana Brennand Fortes, que foi premiado no Festival Pernambucano Cine PE. A obra conta a história do samba de coco no bairro de Amaro Branco. Na carreira artística, apareceu no Catálogo e Exposição “Coco do Amaro Branco Retratos”, em 2011.

Fonte: Secult/PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Empresas reduzem embalagens e qualidade para repassar custos

Por Daniel Mello Cada vez mais empresas estão recorrendo à redução do tamanho das embalagens e à mudança na composição dos produtos para rep...