terça-feira, 5 de abril de 2022

Golpe do Boleto: criminosos oferecem negociação de dívidas e descontos falsos

Um golpe que usa boleto bancário para enganar pessoas com negociação falsa de dívidas está sendo aplicado com sucesso há anos no Brasil. De acordo com a Polícia Federal, em 2021 houve um aumento de 785% dos golpes do tipo no País. 

Para conquistar suas vítimas, os criminosos obtêm informações pessoais e dívidas através do CPF das pessoas. Com isso, entram em contato através do whatsapp e oferecem uma negociação ou desconto promocional para quitação da dívida. Quem acredita na estratégia recebe um boleto falso que ao ser pago direciona o dinheiro para os criminosos. 

A Polícia Federal e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) estão realizando uma força tarefa para prevenir e combater esse tipo de crime no País. Uma das estratégias usadas é a criação de um banco de dados de ocorrências, que terá o amplo acesso das polícias judiciárias da União e dos estados. 

Dicas da Polícia Federal para se proteger do Golpe do Boleto: 

1. Se receber alguma oferta de renegociação de dívida por telefone, e-mail ou WhatsApp, entre em contato com a empresa ou instituição financeira e confirme a origem do boleto com o banco ou financeira;

2. Cheque os dados do boleto: Veja se os dígitos finais representam o valor do boleto, também verifique ainda se os primeiros dígitos de pagamento se coincidem com o código do banco que aparece como sendo o emissor do boleto;

3. Verifique o CNPJ do boleto e cheque se ele é real por meio de uma consulta no site da Receita Federal;

4. Prefira sempre baixar o boleto diretamente no site do banco ou da empresa que está fazendo a cobrança;

5. Não gere boletos de cobrança em sites que não do banco emissor da fatura;

6. Verifique se o código de barras não apresenta falhas;

7. Observe o nome que aparecerá como beneficiário (o recebedor) na tela do caixa eletrônico ou do celular e confira com o nome do boleto. Caso os nomes não batam, não efetue o pagamento. 

Fonte: Portal Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisa mapeia situação de controle interno dos municípios brasileiros

A Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) lançou, nessa segunda-feira (27), o “Diagnóstico dos Controles Internos...