sexta-feira, 1 de abril de 2022

História de Garanhuns

CULTIVO DE HORTALIÇAS - A cultura da hortaliça, até o ano de 1920, se limitou à produção de batata doce, inhame, abóbora, quiabo, maxixe, coentro, cebola e alface, produtos estes que ainda continuam a ser cultivados. Entretanto a partir daquela data o  mestre-de-cultura-agrícola, engenheiro agrônomo Afonso Notaro seguido pelo Dr. Ruber van der Linden, puseram em prática o cultivo de ervilha, chuchu, repolho, couve-flor, batata-inglesa, tomate, rabanete, pepino, melão, cenoura, e cebola das Canárias e outras, que  nós chamamos: cebola-do-reino.

Mediante os resultados obtidos e o incentivo dos iniciadores a outros agricultores fontes de riquezas do Município, com a produção e exportação em alta escala, não somente para os mercador do Recife e Maceió, mas também para todas as cidades do sertão paraibano, inclusive Campina Grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Em 1935 Lampião leva pânico aos moradores de Garanhuns

Noites de inquietação e pavor de 26 de maio  a 1º de junho, em Garanhuns, com as notícias de Lampião nas proximidades. De fato, no dia 29 de...