segunda-feira, 25 de abril de 2022

História de Garanhuns

JORNAL TEMPOS NOVOS - Foi mais um hebdomadário de Tiago Veloso, brotando em 05 de março de 1933. Gerente Caetano Alves, Redator - Ivo Júnior. Em 18 de junho de 1933 Tiago passa a direção e propriedade a  Ildefonso Lopes que o mantém até 29 de dezembro de 1935 (Ano III - números 1/95). Assinatura Anual 10$000, semestre 6$000. Impresso na  Gráfica Norte Evangélico.

"Tempos Novos" de feição noticiosa contava no seu  quadro de redatores com: Edmundo Jordão e Mário Gadelha. Entre os articulistas: Tiago Veloso, Eurico Costa, Tavares Correia, Francisco Sales Vila Nova, Osvaldo Gonçalves de Medeiros, João Domingos da Fonseca, Paulino de Barros, Arthur Maia, Nelson de Alcântara, Valdir Faria Rocha, Carlos Burromen. Defensor intransigente do jornalista matuto, encintou a Campanha da Casa para o Homem de Imprensa do interior e deu ampla cobertura ao Segundo Congresso dos Jornalistas do Interior realizado em dezembro de 1933. (Fonte: Alberto da Silva Rêgo | Os Aldeões de Garanhuns | 1987).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Secult-PE/Fundarpe divulga resultado final das propostas classificadas do FIG 2022

A Secult-PE e a Fundarpe divulgam o resultado final das propostas classificadas na análise de mérito artístico-cultural do 30º Festival de I...