sexta-feira, 22 de abril de 2022

Lei que reconhece a Libras como meio legal de comunicação e expressão completa 20 anos neste domingo (24/04)

Com marco bem recente, a lei (nº 10.436), que reconhece a Língua Brasileira de Sinais (Libras) como meio legal de comunicação e expressão e outros recursos de expressão a ela associados, completa 20 anos neste domingo (24/04). A data faz alusão à busca dos direitos dos surdos e celebra o uso e a regulamentação da libras como forma de comunicação e importante ferramenta de inclusão social utilizada pela comunidade de surdos.

Regulamentada em 2005 - por meio do Decreto 5.626, passou a incluir a Libras como disciplina curricular obrigatória na formação de professores surdos, professores bilíngues, pedagogos e fonoaudiólogos. Depois, em 2010, a lei n° 12.319 regulamentou a profissão de tradutor e de intérprete de libras, mais um ganho para o ensino de surdos no país.

A coordenadora dos cursos de Licenciaturas da Faculdade Nova Roma, Érika Costa, destaca que, durante a formação nas várias unidades da instituição, "os futuros professores vivenciam momentos de interação e aprendizagem significativa por meio da disciplina de Libras, uma vez que esta pode auxiliá-los na compreensão de seus alunos surdos e na interação mais efetiva em sala de aula".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisa mapeia situação de controle interno dos municípios brasileiros

A Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) lançou, nessa segunda-feira (27), o “Diagnóstico dos Controles Internos...