quarta-feira, 20 de abril de 2022

Terceira idade


Carlos Janduy 

Não há tempo para as árvores,

Apenas os frutos e o tempo.

E se deixarem,

As sementes cumprirão seu papel.


Há tempo para os passos

E os acordes.

E se deixarem,

A canção será mágica.


Não há tempo para a história,

Apenas os sonhos e o tempo.

E se deixarem,

A vida se renovará.


Há tempo para as palavras

E as emoções.

E se deixarem...

Se deixarem eu chego a tempo.

Garanhuns/PE - 2001.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Empresas reduzem embalagens e qualidade para repassar custos

Por Daniel Mello Cada vez mais empresas estão recorrendo à redução do tamanho das embalagens e à mudança na composição dos produtos para rep...