quarta-feira, 11 de maio de 2022

Marcello Rangel estreia turnê pernambucana com shows em Garanhuns e Arcoverde


O cantor, compositor e intérprete Marcello Rangel estreia a circulação estadual do show “Quanto mais eu vou, eu fico” nesta sexta-feira em Garanhuns e segue para Arcoverde, no sábado. Considerado um dos principais compositores da nova safra da música pernambucana, ele mostrará na cidade as faixas do disco homônimo lançado em 2019 e algumas inéditas que estarão no próximo álbum. 

"Quando lancei o disco, em setembro de 2019, era um período de coração de muita coisa na minha carreira. Fizemos um show de lançamento em um contexto muito favorável para mim, mas logo depois veio a pandemia", recorda Marcello. O planejamento da turnê foi totalmente interrompido e retomado somente há pouco tempo, quando a crise sanitária arrefeceu e já é possível programar eventos culturais, ainda com cuidado. 

Marcello é integrante da Mostra Reverbo - coletivo nacionalmente reconhecido de artistas que conta com nomes como Juliano Holanda, Almério, Martins, Isadora Melo, PC Silva, Flaira Ferro e outros. Nas canções, revela anseios existenciais e, ao abordar temas autobiográficos pela perspectiva dos movimentos migratórios físicos e mentais, nos leva a crer que o contínuo fluxo do ir e vir se revela muito mais importante do que a própria chegada a algum lugar. 

Os shows terão participações de artistas das cidades. Em Garanhuns, ele recebe os amigos de Reverbo Alexandre Revoredo, com quem divide a autoria da música “Acetona”, e Alef Passarinho, além de Natália Tenório e Galvão, de Brejão, a 15 km da cidade agrestina. Em Arcoverde, o convidado é Helton Moura, “parceiro de tocadas e de Reverbo”, resume Marcello. 

O título do show, “Quanto mais eu vou, eu fico”, é um dos versos de “Cinemascópio”, parceria com Clara Torres, Fabiano Meneses e Juliano Holanda na qual ele canta as próprias dúvidas e incertezas. Essas reflexões íntimas dão o tom das 10 faixas, gravadas com participações de Juliano Holanda, Clara Torres, Isadora Melo, Almério, Thiago Martins e Samuel Nóbrega. 

O repertório inclui uma inédita, “Feito”, composta durante a pandemia e influenciada pelos sentimentos do isolamento imposto pelos perigos à saúde. Marcello perdeu o irmão e a avó para a Covid-19 e vivenciou um problema de saúde da sogra, situações que levaram a uma catarse emocional transposta em música. “Isso me sensibilizou para uma perspectiva de vida-morte, porque a gente vive a todo momento sujeito ao que a vida tem a oferecer de bom e ruim”, reflete. A letra dialoga com a reflexão sobre constantes movimentos presente no disco e, por isso, foi acrescida ao setlist. 

Na imagem de uma incansável "estrada" infinita, o artista recifense mergulha em seu próprio lugar de autodescoberta e no tempo para filosofar a vida. “A expectativa é de reestreia, o frio na barriga está igual, estou super feliz por passar pelo interior de Pernambuco com essa estrutura, apoio do Funcultura”, comemora Marcello, ansioso. O show conta com  ngelo Mongiovi na produção musical e guitarras, Miguel Mendes no baixo e Rostan Junior na bateria. 

Após o show em Garanhuns, Marcello Rangel viajará para Arcoverde, na mostra Aldeia Olho d’Agua dos Bredos, do Sesc. Caruaru (29) e Recife (16 de junho) são as próximas cidades da circulação estadual. 

SERVIÇO 

Show “Quanto mais eu vou, eu fico”, de Marcello Rangel 

GARANHUNS 

Onde: Teatro Reinaldo de Oliveira (Sesc Garanhuns - Rua Cônego Benigno Lira, s/n, Heliópolis) 

Quando: 13 de maio (sexta-feira), às 20h 

Quanto: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada), à venda no Sympla (https://www.sympla.com.br/evento/marcello-rangel-em-garanhuns---quanto-mais-eu-vou-eu -fico/1562999

ARCOVERDE 

Onde: Escadaria do Sesc Arcoverde (Rua Capitão Arlindo Pachêco de Albuquerque, 364, Centro) 

Quando: 14 de maio (sábado), às 20h 

Quanto: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada), à venda no Sympla (https://www.sympla.com.br/evento/marcello-rangel-em-arcoverde-quanto-mais-eu-vou-eu-fi co/1564508

CARUARU 

Onde: Teatro Limeira Rosal (Rua Rui Limeira Rosal, s/n, Petrópolis) 

Quando: 29 de maio (domingo), às 19h 

Quanto: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada), à venda no Sympla (https://www.sympla.com.br/evento/marcello-rangel-em-caruaru-quanto-mais-eu-vou-eu-fico/1566162)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Secult-PE/Fundarpe divulga resultado final das propostas classificadas do FIG 2022

A Secult-PE e a Fundarpe divulgam o resultado final das propostas classificadas na análise de mérito artístico-cultural do 30º Festival de I...