quinta-feira, 9 de junho de 2022

Em Caruaru, exposição “Cores da Terra” reúne 50 obras de artistas pernambucanos


O Museu Memorial de Caruaru (R. Duque de Caxias, 145 – Nossa Sra. das Dores, Caruaru – PE) sediará, até o dia 30 de junho, a terceira edição da Expo Cores da Terra. Neste ano, o evento, que conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura, tem o tema “Um olhar para as tradições: o futuro do pretérito” e conta com atividades artísticas e educacionais em formato virtual e presencial.

A exposição de artes visuais, que teve início em 28 de maio, conta com 50 obras, entre fotografias, pinturas, esculturas, desenhos e instalações de autoria de 37 artistas das regiões Agreste, Sertão e Zona da Mata de Pernambuco. Todos os trabalhos contam com recursos de acessibilidade, como audiodescrição e interpretação de Libras. Os trabalhos que integram a Expo foram selecionados a partir de Curadoria Coletiva, assinada por Caju Galon, Carlos Lima e Valkiria Dias. Ao todo, foram inscritas quase 300 propostas, a partir de chamamento público.

A abertura da exposição contou, ainda, com as performances ‘A Mala’, do artista Ed Bernardo; e ‘O Sistema’, de Shivo Araújo, ambos do Alto do Moura (Caruaru-PE), que foram selecionados para integrar a mostra. A solenidade ainda teve a apresentação musical do projeto ‘Terceira Memória’, que busca proporcionar experiências sonoras e visuais, trazendo consigo provocações relacionadas ao tempo/espaço, passado e presente. Trazendo inquietações desde espaços cosmológicos às esferas sociais, discutir conflitos, como o humano tem se portado no mundo, a partir do contato com as tecnologias, suas abrangências, diálogos e consequências.

Além disso, sob coordenação do artista Adones Valença, a exposição conta com equipe educativa que promove visitas mediadas, além de estarem sendo desenvolvidas ações educativas virtuais e presenciais: roda de diálogo ‘Arte e Curadoria’; as oficinas de ‘Elaboração de portfólios’ e ‘Elaboração de Projetos Culturais’; o seminário ‘Expressões Contemporâneas do Barro na Comunidade Artesã do Alto do Moura: Desafios e Tensões’; e a palestra ‘Sustentabilidade de Artista’. As inscrições são gratuitas e contam com certificado. Para se inscrever, acesse o formulário: docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeHARvJxr9GF2vtTMueEvL4CzhCJDGgOmC04kp9sJ-nm9EGgA/viewform.

Outro destaque do evento é o ‘Ateliê Cidade’, uma iniciativa de intervenções artísticas que será realizada, ao longo do mês de junho, em diversas localidades, como o Museu Memorial, Alto do Moura, o Monte Bom Jesus e a Estação Ferroviária. Além disso, no dia 25 de junho, haverá um cine-debate sobre o filme Alto das Flores, que retrata a história do grupo de artesãs Flor do Barro, do Alto do Moura. A atividade acontecerá no Museu Memorial de Caruaru, a partir das 16h. Mais informações: @circullusdeideias.

Confira a programação completa:

- 8 e 9 de junho (quarta e quinta-feira)

19h às 21h – Oficina virtual de ‘Elaboração de Projetos Culturais’, com Amanda Nascimento e Carlos Lima

- 10 de junho (sexta-feira)

14h – 2ª Formação do Educativo em acessibilidade

Local: Museu Memorial de Caruaru

- 12 de junho (domingo)

16h – Ateliê Cidade

Local: Monte Bom Jesus

- 14 de junho (terça-feira)

17h – Seminário virtual ‘Expressões Contemporâneas do Barro na Comunidade Artesã do Alto do Moura: Desafios e Tensões’, com Mateus Mota de Lima

- 20 de junho (segunda-feira)

19h – Palestra virtual ‘Sustentabilidade de Artista’, com Valkiria Dias

- 24 de junho (sexta-feira)

16h – Ateliê Cidade

Local: Estação Ferroviária

- 25 de junho (sábado)

19h – Cine-debate: Alto das Flores, com Daniele Leite e Lucas Santos

- 30 de junho (Quinta-feira)

19h – Finissage

Local: Museu Memorial de Caruaru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Empresas reduzem embalagens e qualidade para repassar custos

Por Daniel Mello Cada vez mais empresas estão recorrendo à redução do tamanho das embalagens e à mudança na composição dos produtos para rep...