terça-feira, 19 de julho de 2022

Boa noite, Rúbia!


João Marques | Garanhuns

A noite é um manto que envolve o tempo, com a sombra da própria terra, que gira. E anoitecem cidades e campos, todos os seres vivos, e o homem. Não havendo luz do sol, tudo se recolhe e espera. É o turno da reflexão e do repouso. Das lâmpadas, e dos sonhos, que acendem as mentes de passagens da vida, ressureitas da existência. E a noite se instala nas superfícies e nos interiores. A alma, que tem luz própria, tem o seu sol. E, sorrateiramente, desperta, com mais intensidade, os pensamentos. Os comportamentos  se tornam um tanto diferentes, como se vivesse outra estação, outra dimensão das atividades. Há uma evidente leveza em tudo, uma concentração da existência, uma meio abstração das coisas. E me parece que, na noite, justamente na noite, a espiritualização da vida é maior. Tão necessária é a noite, que o sol a carrega, oculta atrás dos raios, e a entrega no fim de cada dia. Abençoada noite!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marília é a esperança de dias melhores para os pernambucanos

Por Eudson Catão* Marília Arraes é a pessoa certa, na hora certa, para virar a página e tirar do poder um grupo que se encastelou no Governo...