sábado, 9 de julho de 2022

Ivo Amaral foi homenageado com exposição histórica no FIG 2014

Ivo Amaral e o nascimento do Festival de Inverno de Garanhuns

No seu 24º ano de existência, o Festival de Inverno de Garanhuns homenageou o seu criador, Ivo Tinô do Amaral, ex-deputado e ex-prefeito de Garanhuns, por dois mandatos, que completou 80 anos em 2014. 

Durante o festival foi realizada nas dependências do SESC a  exposição “Ivo Amaral e o nascimento do FIG”.

Os feitos de Ivo, foram relembrados na exposição. A sua história de vida e a de Garanhuns, por várias ocasiões se coincidem. 


A exposição reuniu fotos, documentário em vídeo, certificados, jornais, prêmios, entre outros acervos pessoais, como também, materiais oriundos de pesquisas em Garanhuns e na capital pernambucana. A realização da primeira edição do Festival de Inverno de Garanhuns e a instalação do tão conhecido Relógio de Flores são feitos de Ivo que ganharam destaque na exposição. 

HISTÓRIAS QUE COINCIDEM

Em um pequeno cômodo, Ivo Tinô do Amaral guarda memórias infinitas. São centenas de fotos, dezenas de certificados e anos de jornal encadernados. Mais  do que isso, neste minimuseu que Ivo tem em casa, está meio século de história de uma cidade que ele ajudou a construir.

Não é por acaso que os documentos de Garanhuns coincidem com a trajetória deste homem. Vida pessoal e pública se confundem desde a década de 1960. Cenas de sua mulher e de seus oito filhos foram encontradas no mesmo álbum onde figuram imagens de governadores, senadores e presidentes; fotos de seus carnavais estão no mesmo noticiário que estampa seus eventos políticos.

Amaral, nascido na fazenda Salobro, situada onde hoje é o município de Lajedo, foi prefeito de Garanhuns por duas vezes (1977-1982 e 1989-1992) além de anteriormente, ter sido eleito vereador e vice-prefeito pela mesma cidade e, posteriormente, deputado estadual em dois mandatos.

No rol das suas grandes ações estão a instalação do  Relógio de Flores, principal ponto turístico da Suíça Pernambucana e a criação do festival de Inverno de Garanhuns (FIG), maior evento cultural local e um dos mais importantes do Estado, que ganha destaque nesta mostra.

Durante os exatos 80 anos de vida, Ivo Amaral construiu uma grande família e uma trajetória reta que lhe rendeu a homenagem neste 24º FIG. Neste saguão do SESC, transpomos parte de enorme acervo pessoal do ex-prefeito somada a diversos achados "arqueológicos" de pesquisa realizada no  Recife e em Garanhuns. Fotos, jornais, ingressos, certificados, diplomas, medalhas. Relíquias que  ajudam a recontar a história de um homem, de um  festival e de uma cidade.

*Chico Ludermir - Curador e Coordenador da Exposição "Ivo Amaral e o Nascimento do FIG" (Julho de 2014).

Publicidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Datafolha aponta vitória de Lula no primeiro turno com 51% dos votos válidos

Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Ricardo Stuckert ) Brasil 247 - A pesquisa Datafolha , divulgada nesta quinta-feira (18), mostrou vitória ...