terça-feira, 12 de julho de 2022

Maria Arraes tende a ser a campeã de votos e Solidariedade deverá eleger três federais


Blog do Magno Martins

Contrariando todas as apostas iniciais de muitos analistas políticos, que sequer acreditavam que a pré-candidata a governadora Marília Arraes conseguiria montar chapas proporcionais, o Solidariedade poderá ser a grande surpresa da eleição proporcional, deste ano.

Para estadual o partido de Marília fará cinco deputados podendo eleger até seis. Porém, é na chapa de deputado federal que o partido tende a surpreender. Embalados com a expectativa de uma grande votação de Maria Arraes, o Solidariedade poderá eleger até três federais, deixando garantidas a própria Maria Arraes e a deputada estadual Fabíola Cabral (na foto com Maria). A terceira vaga será disputada entre os ex-prefeitos José Augusto Maia, de Santa Cruz do Capibaribe e Zé da Luz, de Caetés, além do Dr. João, de Petrolândia.

Segundo os analistas políticos, o terceiro eleito na chapa do Solidariedade chegará com algo em torno de 30 mil votos. O que se comenta nos bastidores é que a advogada e neta de Arraes vai obter uma estrondosa votação, batendo, inclusive, o seu primo Pedro Campos (PSB), que deverá ser o puxador de votos dos socialistas.

Maria pode repetir o fenômeno que houve com o seu avô Miguel Arraes, que teve uma votação fenomenal e elegeu correligionários com uma votação bem pequena. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O alfaiate de Garanhuns

João Marques* Luiz Gonzaga cantava uma música que dizia "Sou alfaiate do primeiro ano / Pego na tesoura e vou cortando o pano". Is...